Skip links

Alguma vez bebeu vinho de uma lata? Agora poderá fazê-lo e em latas muito ‘fixes’

A Adega Ponte da Barca e Arcos de Valdevez é uma das primeiras marcas portuguesas a lançar um vinho certificado em lata e fá-lo em duas versões, branco e rosé, ambos com selo de garantia da Indicação Geográfica Minho. Esta certificação comprova que o vinho é sujeito a um controlo rigoroso de todas as fases da produção, desde a vinha até à prateleira. 

 

Publicidade

O mercado mundial de vinhos continua ávido de novidades e procura hoje em Portugal inovação e qualidade. A elevada apetência pelos vinhos portugueses chega de muitos países, nomeadamente Brasil, Rússia e EUA. Foram os parceiros destes mercados que impulsionaram a Adega Cooperativa de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez a desenvolver o seu novo produto: o vinho em lata na marca 80’S.

A Adega, que iniciou este projeto em outubro de 2019, entra na corrida do vinho em lata com duas grandes novidades face ao que está a surgir no mercado. Aposta num vinho certificado com Indicação Geográfica Minho e em duas versões, branco e rosé.

O Espectador já teve o prazer de provar estes vinhos que não só primam pela excelente qualidade mas também pelo design irreverente e inédito.

Para Roberto Pestana, um dos nossos colaboradores n’O Espectador, e exímio apreciador de vinhos a experiência foi suprema “quando vemos as latas com um desenho tão ‘cool’ ficamos logo com a curiosidade à flor da pele! E depois, quando abrimos e provamos, a admiração fica latente”, garante.

 

A Adega de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez tem tido, nos últimos anos, um incremento nas suas vendas e tem chegado aos quatro cantos do mundo sendo reconhecidos como uma empresa com produtos de alta qualidade. No ano 2020 usufruíram de um crescimento de vendas de 20% face a 2019, muito à custa da exportação, que representa já 68% do seu negócio.

Para Bruno Almeida, Diretor de Marketing, Inovação & ID da Cooperativa o vinho em lata é hoje um dos segmentos de mercado que mais cresce na indústria do vinho, algumas estimativas apontam para 70% ao ano. Esta embalagem oferece uma nova forma de se apreciar o vinho, mais conveniente e portátil, atraindo consumidores de outras bebidas. Os vinhos leves, frescos e aromáticos do Minho são os produtos ideais para ir ao encontro do que mercado mundial procura nesta nova bebida… a nossa Adega queria estar nesta corrida!”

O produto que chega agora ao mercado, nas versões branco e rosé, é lançado numa das marcas mais recentes da Adega: 80’S. Esta marca, conceptualizada pela Adega em 2019 e presente em vários países, pretende ser uma celebração aos anos 80, trazendo toda a irreverência e a diversidade musical dessa década para a contemporaneidade. Os rótulos têm um tom de modernidade e juventude e querem exibir-se nos festivais de verão, nos picnics de família e na areia da praia. Faltava-lhes um packaging mais leve e uma abertura fácil, que dispensa saca-rolhas e copos: a lata!

A Adega Ponte da Barca e Arcos de Valdevez é uma das primeiras marcas portuguesas a lançar um vinho certificado em lata e fá-lo em duas versões, branco e rosé, ambos com selo de garantia da Indicação Geográfica Minho. Esta certificação comprova que o vinho é sujeito a um controlo rigoroso de todas as fases da produção, desde a vinha até à prateleira. 

A embalagem escolhida é uma lata de alumínio, específica para vinhos, que dá garantias de manter toda a frescura e os aromas expressivos da bebida. Do ponto de vista ambiental, a utilização da lata traz ganhos em comparação com o vidro, quer ao nível da reciclagem (o alumínio é infinitamente reciclável depois de extraído da natureza), quer ao nível do transporte, pois sendo é muito mais leve.

A sustentabilidade não é para a Adega um slogan, mas uma prioridade estratégica. Esta embalagem é mais um passo nesse sentido.

As latas começam agora a ser comercializadas, em caixas de 24 unidades destinadas à distribuição, em embalagens de 4 unidades, ou individualmente, ao consumidor final.

O PVP recomendado é de 1,49 Eur. 

 

Publicidade

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment