Skip links

Melgaço Alvarinho Trail está de regresso

Depois de ver cancelada a prova de 2020, em virtude da situação pandémica, o Melgaço Alvarinho Trail está agora de regresso: no dia 23 de maio (domingo) cerca de 1300 entusiastas percorrerão os trilhos do destino da natureza mais radical de Portugal, Melgaço. De forma a garantir todas as condições de segurança o evento teve de ser readaptado e os atletas irão nesta edição partir em tempos diferentes, divididos por grupos. Toda a organização do evento foi articulada com a Direção Geral da Saúde.

 

Os percursos propostos aos participantes são um Ultra Trail de 48Km (inserido no Circuito Nacional de Ultra Trail Séries 150, da ATRP), um Trail Longo de 27Km (inserido no Circuito Nacional de Trail Longo Séries 100, da ATRP) e um Trail Curto de 19Km e ainda uma caminhada de 15Km, para percorrer Melgaço de uma forma mais descontraída e desfrutar das paisagens. As provas arrancam no Centro de Estágios de Melgaço: a primeira terá início pelas 8h e o evento termina por volta das 17h, com as cerimónias de entrega de prémios a iniciar às 14h30.

 

Entre montanhas e planícies, subidas e descidas, do Rio Minho, a menos de 40 metros de altitude, ao Planalto de Castro Laboreiro, onde se superam os 1.300 metros de altitude, os atletas terão condições de excelência. Ao longo dos vários percursos, os atletas poderão contemplar as maravilhas que Melgaço ostenta: as Pesqueiras Milenares do Rio Minho, os Caminhos e Pontes Romanas, as Aldeias Típicas, os Trilhos, as Paisagens sobre os Vales dos Rios, Minho, Trancoso e Mouro, sobre a vizinha Espanha até ao Planalto Castrejo, onde se encontram dezenas de Dolmens, o Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG), onde se encontra a Porta de Lamas de Mouro, e vários monumentos como os Castelos de Melgaço e Castro Laboreiro, Conventos e Igrejas Centenárias, Museus, Termas, entre outros. Este ano, o evento passará pelas freguesias da Vila, Prado, Roussas, S. Paio, Lamas de Mouro, Castro Laboreiro e Fiães.

 

A primeira edição do Melgaço Alvarinho Trail (MAT) começou com cerca de 250 atletas e na última edição (2019) contou com cerca de 1700. Os participantes deslocam-se à região mais a norte de Portugal, Melgaço, não só para um trail com percursos exigentes, mas também para desfrutarem das paisagens soberbas, da tranquilidade da natureza, assim como da deliciosa gastronomia, acompanhada pelo ex-libris da região, o vinho alvarinho.

 

Em 2019, o trail contou com a participação de atletas oriundos de Portugal, de Espanha e também de outros países. Elogiaram o evento e os percursos: «Obrigado Melgaço, que grande prova aqui têm! Adoro correr no Alto Minho, as paisagens são espetaculares, os trilhos são do melhor que há», referiu um dos participantes da edição anterior.

José Adriano Lima, Vereador do Desporto considera que Melgaço é «uma referência para a prática de desportos de aventura e de desporto, quer de cariz competitivo e/ou de lazer» e que o MAT tem vindo a valorizar a economia local: «O MAT potencia e valoriza Melgaço. É um impulsionador de novas transações comerciais. Quem vem quer conhecer a região, a gastronomia, a cultura, a história, os costumes, e isso acaba por ter impacto no tecido económico local. E mais tarde acabam por vir visitar o concelho numa estadia mais prolongada. Vamos continuar a apostar no desporto».

 

Publicidade

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment