Skip links

Exclusivo| “O centro de vacinação não pode ser um lugar de propaganda política”

O Espectador recebeu na sua redação, no início desta semana, um texto de um morador de Ponte da Barca  indignado como aquilo a que chama “o centro de vacinação mais politizado que já vi”.

 

O cidadão diz-se “indignado por ver no nosso centro de vacinação uma clara propaganda ao Executivo barquense, quando devia ser um lugar sem cores políticas. Já vi vários centros de vacinação a nível nacional e em nenhum deles se mostram fotografias a promover a autarca do lugar. Acho que era escusado as fotografias nos painéis. Se é para promover Ponte da Barca, a sua cultura, gastronomia e paisagens, devia fazer-se em outdoors nas autoestradas, em lugares visíveis e visitados por turistas, não num centro de vacinação”, vincou.

Com tudo, o cidadão que pediu manter o anonimato, quis deixar uma palavra de agradecimento “aos excelentes profissionais  que trabalham no nosso centro de saúde e a todos aqueles que atendem no nosso centro de vacinação. Profissionais dedicados, preocupados e sempre com uma palavra amiga. Muito obrigada pelo trabalho que fazem e por serem os guerreiros que são neste tempo tão difícil que a todos nos tocou viver”, culminou.

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment

  1. Post comment

    Antonio Azevedo da Costa says:

    Completamente de acordo subscrevo todo o texto, também quero felicitar o excelente trabalho de todos os profissionais que lá trabalham, com um rigor de excelência

  2. Qual é o espanto?
    O que é que um verdadeiro ditador faz?
    Já alguém foi a Cuba? Lá é igual, o rosto do ditador aparece em todos os lados.