Skip links

País| Visitas nos lares de idosos ficam restabelecidas mas com algumas regras

Segundo novas diretrizes da DGS as visitas aos lares e ERPI’s no país devem ser facilitadas aos familiares se bem que, as soluções como videochamadas e telefonemas continuam a ser privilegiadas. 

 

Segundo a orientação da Direção Geral da Saúde (DGS), atualizada na terça-feira, cada instituição deve comunicar aos familiares e outros visitantes as situações em que decorrem as visitas, “garantindo o acesso e a utilização adequada dos espaços a respetiva higienização e ventilação” e sempre com a apresentação do certificado covid-19 ou devido teste PCR negativo.

Em relação à forma como os lares distribuem os seus funcionários e ao devido funcionamento das instituições a DGS também lança as disposições:

  • Os horários de trabalho devem ser organizados em turnos para que as equipas não se cruzem, garantindo a separação dos cuidadores/profissionais por grupos, sem contacto entre si.
  • Se forem detetados casos de covid-19 na instituição, devem ser alocados profissionais por grupos de residentes (os mesmos cuidadores para os mesmos doentes), com o menor contacto possível entre eles.
  • Todos os cuidadores/profissionais da instituição devem fazer a automonitorização diária de sinais e sintomas compatíveis com a covid-19 à entrada e saída de cada turno.

 

Publicidade

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment